fbpx
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Como o ramo imobiliário vem crescendo na pandemia e por que esse é um bom momento para investir nele?

Com quase 15 milhões de infectados, e mais de 600 mil mortos pelo mundo, sendo 82 mil apenas no Brasil, a pandemia do Covid19 continua a transformar diariamente o mundo em que vivemos.

Segundo um estudo da Euromonitor International, uma empresa de pesquisas de marketing estratégico, a previsão é que a atividade econômica mundial caia de 25% a 45% até o final de 2020.

São milhares de empresas que viram suas vendas e pedidos de serviços serem drasticamente diminuídas, ou até mesmo completamente paralisadas, como é o caso de estabelecimentos e empresas do ramo alimentício.

Investimentos dentro do conforto

Em comparação existem alguns setores da economia que vem crescendo e se desenvolvendo rapidamente à medida que a pandemia se estende, como é o caso das vendas feitas pela internet.

Um dos setores econômicos que surpreendeu ao também demonstrar um crescimento considerável enquanto o Covid19 se espalha cada vez mais pelo mundo foi o do ramo imobiliário.

Indo na contramão de setores que viram seus lucros diminuírem mais e mais construtoras e imobiliárias vem percebendo não apenas um interesse maior, mas os próprios compradores se depararam com uma queda nos juros e valores.

Aumentou o investimento durante a pandemia

Para entender um pouco mais sobre o porquê disso, e se isso se torna uma oportunidade para investimento, buscamos detalhar nesse texto um pouco mais sobre a situação.

Qual foi a influência da pandemia no mercado imobiliário?

São vários os números que demonstram como o ramo imobiliário vem crescendo em 2020, especialmente após a chegada do Covid19 ao Brasil.

A Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) divulgou em julho uma pesquisa revelando que, apenas de janeiro a maio de 2020, foram feitos empréstimos no valor de 34,08 bilhões de reais, um aumento de 23,2% em comparação com os mesmos meses de 2019.

O investimentos estão sendo grandes

Todo esse montante de dinheiro foi emprestado pelos bancos para o financiamento ou compra de novos imóveis, entre os recém construídos e aqueles já usados anteriormente.

Apenas no mês de maio, quando o Brasil já se encontrava em distanciamento social e o comércio se encontrava fechado, foram 7,13 bilhões de reais emprestados, um aumento de 8,2% com o mesmo mês no ano passado.

Especialistas do ramo imobiliário conseguem identificar alguns motivos pelos quais isso vem acontecendo de forma consistente com o passar dos meses, entre eles a insegurança em investir dinheiro em outros tipos de investimento.

A melhor opção, foi investir em imóveis

A bolsa de valores e suas aplicações financeiras são o maior exemplo dessa questão, sendo uma das opções de investimento mais conhecidas ela é também uma das áreas que mais sofreu com o caos econômico criado pela pandemia.

Com a insegurança quanto a situação de empresas, ações e da própria bolsa de valores, se começou uma busca por uma maneira de encontrar um lugar seguro para se guardar dinheiro, e os imóveis acabam sendo uma das melhores delas.

Além do motivo financeiro está também o de vivência diária, esse explicado pelo fato de que, com o distanciamento social e muitos estados do país com quarentena decretada, muitas famílias estão trabalhando por home office e estudando a distância.

Com isso começou a se notar a importância de ter um imóvel que possua um espaço satisfatório para todos, além de cômodos exclusivos apenas para se trabalhar e estudar.

Apartamentos com sacadas e outras áreas de lazer, e que permita aos moradores sair ao ar livre, também passaram a ser altamente procurados, já que ao não ser seguro sair às ruas é preciso ter em casa ao menos um espaço que dê algum conforto ao morador para ver o céu e o mundo exterior.

A queda nos preços e dos juros em meio a crise

Apesar dos juros do ramo imobiliário propriamente dito não ter sofrido uma mudança muito acentuada em 2020, permanecendo em média em 7,2% segundo o Banco Central, a taxa de juros sobre financiamentos diminuiu bastante durante a pandemia.

A Caixa Econômica Federal, por exemplo, vem implementando uma série de ações que visam estimular o setor, facilitando a compra para aqueles que já vinham interessados em comprar sua tão sonhada casa própria e criando novas linhas de oportunidades para eles.

A queda de juros e preços favorecem o consumidor

Como exemplo, em julho de 2020, a Caixa anunciou um pacote de medidas de crédito imobiliário, que reúne uma série de ações feitas tanto para o comprador quanto para que as construtoras consigam comprar e vender por preços melhores e com mais facilidade.

Isso gera uma competitividade maior entre os bancos que existem no Brasil, que vem criando suas próprias ações para atrair aqueles que já desejam pela sua casa própria, com taxas de juros e financiamentos mais acessíveis.

Facilitando os investimentos

Além disso, com a crise financeira gerada na vida de tantas pessoas ao redor do mundo, assim como no Brasil, existem aqueles que passaram a buscar vender seus imóveis, usando do valor da venda para quitar dívidas ou recuperar a estabilidade financeira perdida com a chegada do Covid19.

Isso pode ter facilitado as negociações sobre os valores, já que elas acabam sendo feitas mais rapidamente, assim como os valores decididos para venda e compra dos imóveis.

Segundo um levantamento feito pelo Raio-X Fipe Zap, baseado nos dados coletados durante o primeiro trimestre de 2020, existe uma alta possibilidade de que ocorra uma queda de 5,6% no preço dos imóveis durante os próximos 12 meses.

Uma queda de 5,6% de juros

Houve também uma queda tida como histórica sobre a taxa de juros básicos da economia no Brasil, que chegou a 2,25%.

A causa dela pode ser, possivelmente, as ações do governo para diminuir a pressão nas empresas e na economia em geral, que passaram a sofrer graves consequências com a pandemia de Covid19.

A valorização com o passar do tempo

Como dito anteriormente os imóveis acabam sendo uma das opções mais seguras para investimento em momentos de crise, isso porque eles, apesar de não conseguirem angariar valores a mais como em outros setores de investimento, dificilmente perdem seu valor.

A estabilidade do ramo imobiliário, mesmo em meio a pandemia de Covid19, demonstra os benefícios de se investir nesse setor.

Segundo o Indicador de Velocidade de Vendas (IVV) o segmento residencial em maio cresceu até alcançar 9,1%, o maior número já registrado nos últimos seis anos.

O setor imobiliário tem que crescer até o final de 2020

Com os preços e os juros abaixando, a facilidade para financiamentos aumentando, e a procura se mantendo a opinião de especialistas da área é que essa se mostra uma boa oportunidade para aqueles que pretendem comprar um imóvel.

Além disso, o otimismo para que o setor imobiliário cresça até o final de 2020, e durante o ano de 2021, é crescente, o que se mostra um sinal favorável de que a valorização dos imóveis comprados agora venha a aumentar com o tempo.

A transformação do ramo imobiliário através do mundo digital

Mesmo que a procura por novos imóveis continue também existe a preocupação com as saídas as ruas, já que a contaminação de Covid19 continua crescendo de forma constante e os sintomas se mostram cada vez mais perigosos.

Para manter as vendas, e se adaptar ao mundo em que estamos vivendo mais distante fisicamente, as imobiliárias precisam descobrir novas maneiras de continuar em contato com os compradores.

Como a pandemia afetou o convívio social, optaram em vender em home office

Por isso se tornou comum encontrar em seus sites opções onde os interessados nos imóveis podem conversar diretamente com o corretor por vias digitais, que irá tirar todas as dúvidas e acompanhar todo o processo junto ao futuro morador.

Conversas feitas diretamente pelo whatsapp e a disponibilidade constante dos vendedores vem tornando possível que vendas sejam feitas de forma totalmente virtual, permitindo que os compradores encontrem, analisem, negociem e fechem negócio sobre sua nova moradia totalmente online.

O condomínio Frankfurt Residence e a forma como se destaca no ramo imobiliário

Em meio a essa atenção que o ramo imobiliário vem recebendo em meio a pandemia surgem novas possibilidades de negócio que, usando de sua inovação, prometem se destacar no mercado.

Entre elas é possível citar o condomínio Frankfurt Residence, que oferece aqueles que queiram ali morar uma série de serviços e uma qualidade impecável, o que a torna uma excelente escolha na hora de comprar seu apartamento.

Quarto estiloso e aconchegante

Dos que mais se destacam estão a área de lazer com 524 metros quadrados, que conta com: espaço gourmet, espaço grill, salão de festas, brinquedoteca, playground, espaço fitness, piscina externa e piscina interna com aquecimento solar e sauna.

Além dessa área os apartamentos também se destacam, sendo possível encontrar sete diferentes tipos, onde o menor deles possui 57,58 metros quadrados e o maior 127,15 metros quadrados.

Entre as opções estão apartamentos com dois ou três quartos, e que podem dar direito ao morador a uma ou duas vagas na garagem privativa do condomínio.

Confortável e com uma vista linda

Os lofts, uma das opções disponíveis de moradia, possuem pé direito duplo e uma vista privilegiada do que existem em torno da Frankfurt Residence.

O piso, em todos os modelos de apartamento, são divididos entre porcelanato, que está presente nas áreas sociais, e o piso vinílico, que está presente nas áreas íntimas. Já o rebaixo é feito 100% de gesso.

As suítes contam com tomadas USB para maior conforto dos moradores, assim como persianas integradas e motorizadas, que também estão disponíveis em todos os outros quartos.

Cozinha embutida, junto a sala

Além da churrasqueira presente no espaço grill da área de lazer também é possível a encontrar nos apartamentos, assim como uma cozinha, sala, área de serviço e banheiro.

Com essas e ainda outras características o condomínio Frankfurt Residence se destaca pela sua preocupação em proporcionar dentro do seu espaço tudo aquilo que o morador possa precisar.

Além disso, sua localização também é um ponto forte, já que fica bem ao centro da cidade Braço do Norte, rente a uma de suas principais avenidas, a Felipe Schmidt.

Sala de jantar espaçosa

Isso faz com que não apenas sua estrutura seja bem planejada, mas também sua localização, que permite a proximidade com todos os principais pontos que podem ser necessários aos moradores, como escola, mercado e farmácia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Vamos conversar!

Deixe seus contatos!